Qual diferença entre gateway e intermediador de pagamentos?

Esta é uma dúvida recorrente entre quem pretende abrir sua loja virtual: qual diferença entre gateway e intermediador de pagamentos?

Ambos tem a mesma função final que é processar os pagamentos de lojas virtuais e sistemas que exigem pagamento on-line. A diferença está no “detalhe”.

  • Gateway de pagamento: faz o relacionamento de sua loja virtual com o meio de pagamento (cielo, rede, boleto, etc.). Basicamente com o gateway, sua loja enviará a solicitação de pagamento para o gateway que então enviará para o meio de pagamento que então retornará se a transação foi aprovada ou não também pelo gateway. Aqui vem o “detalhe”: o gateway não administra o dinheiro de suas vendas, ele apenas comunica sua loja com o meio de pagamento. Nesse formato você poderá negociar taxas e custos das operações diretamente com o banco. Assim como você receberá o valor dos pedidos diretamente do seu banco.
  • Intermediador de pagamentos: o intermediador faz o mesmo processo do gateway, com a diferença que é ele quem lhe fará o repasse do valor dos pedidos após 15 a 30 dias em média. Ou seja, nesse formato o intermediador é quem fará o relacionamento com o banco. Exemplos mais famosos: PagSeguro, Moip, PayPal.

Mas qual dos dois usar?

Os custos de implementação dos intermediadores são menores. No entanto as taxas cobradas por transação são maiores. Normalmente recomendamos intermediadores para lojistas iniciantes.

O gateway de pagamentos por sua vez possui custos maiores de implantação, no entanto permitem que sua loja negocie diretamente com o banco taxas dos cartões. Os gateways costumam ser vantajosos para lojas já com grande fluxo de pedidos.

Leave a comment