Qual melhor estratégia para vender on-line?

Redes sociais, Google Adwords, Instagram, Facebook… Mas afinal, qual a melhor estratégia para vender on-line?

A fórmula mágica para vendas on-line é saber que simplesmente NÃO existe fórmula mágica para vender pela internet. Algumas técnicas darão mais certo para alguns produtos, outras terão mais êxito em outros nichos.

Após sabermos que não existem fórmulas mágicas, podemos – sim – enumerar algumas dicas preciosas e impagáveis que lhe auxiliarão na hora de selecionar os melhores canais de divulgação.

  1. Esta é a regra principal: busque algum especialista no assunto caso você não tenha conhecimentos mais profundos em marketing na web. Acredite, isto lhe poupará muito dinheiro. Especialistas no assunto não cobram barato, mas mesmo assim custará menos do que você buscar aprender na prática.
  2. Tenha uma loja otimizada para SEO e concentre-se em cuidar da parte orgânica do seu negócio: ninguém melhor do que o dono para falar dos seus produtos e serviços. Com presença orgânica seu site terá mais facilidade em qualquer canal de divulgação que escolher.
  3. Iniciando na compra de palavras-chaves? Procure sempre palavras que estejam no final do funil de conversão. Explicaremos mais sobre o assunto em um post específico.
  4. Quanto você pode gastar para vender um produto? Tenha este valor em mente na hora de programar suas campanhas. Exemplo básico: um item que custa R$ 10,90 não pode consumir R$15 de divulgação para ser vendido. Logo se você tiver um produto muito concorrido e que seja barato, a tendência é que não seja um bom negócio divulgá-lo via Google AdWords pois lá o preço por clique tenderá a ser alto.
  5. Como está o preço dos seus grandes concorrentes para os mesmos produtos? Aqui o raciocínio é simples: tendo a opção de escolher entre duas lojas com preço semelhante você tenderá a comprar o produto da loja mais conhecida no mercado. Então é crucial que você que esteja começando tenha preços competitivos. Mas cuidado! Ninguém mais acredita em descontos absurdos. Se o seu preço for muito menor que as lojas mais conhecidas poderá sofrer desconfiança do consumidor.
  6. Foco no bom atendimento. Lembre-se que este será seu diferencial. Os grandes players do mercado dificilmente conseguem ter um atendimento próximo do consumidor.
  7. Tenha configurado todos os seus códigos de análise de desempenho.
  8. Jamais perca sua audiência. Tenha sua loja configurada para utilizar o Remarketing do Google AdWords e ofereça benefícios para os clientes se cadastrarem na sua loja.
  9. Mantenha as redes sociais de sua loja ativas e com conteúdo relevante. Isso ajudará a dar credibilidade para seu negócio.

Estam foram só algumas dicas. Boas vendas!

Leave a comment